5 de jan de 2010

Sobre como tudo pode melhorar de repente

Posso dizer que hoje escreveria algo, se não estivesse com a alma tão leve.
Escreveria se as palavras não teimassem em saírem voando como borboletas, e terminassem todas em sorriso.
Escreveria se cada pensamento meu não terminasse em apenas uma pessoa.
Diria provavelmente que em momentos como esse, é preciso segurar a alma, para que não saia voando pra onde se deseja estar.
E que a saudade é triste, mas cada momento de que me lembro a torna quase felicidade.
Diria, tambem, que não sei como ainda me seguro para não sair correndo em sua direção, como uma criança quando vê alguem querido.
Diria, finalmente que não paro de contar as horas pra que poss vê-lo novamente...
E agradeceria, por me devolver a vontade de escrever.